quinta-feira, 29 de novembro de 2012



CONVIDAMOS A COMUNIDADE PARA A II MOSTRA PEDAGÓGICA DA ESCOLA MUNICIPAL CENTRO EDUCACIONAL"DOM MÁXIMO BIENNÉS", DIA 30/11/2012 
DAS 8:00 H ÀS 11:00 H.
CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS!






























Nenhum comentário:

Postar um comentário

UM BREVE HISTÓRICO DA ESCOLA "DOM MÁXIMO BIENNÉS"

HISTÓRICO


A Escola Municipal Centro Educacional “Dom Máximo Biennés”, nasceu da determinação de moradores da comunidade Santa Isabel.
Tudo começou com o fato de haver no bairro um prédio abandonado pelo governo do estado, denominado “Jane Vanini”.
A comunidade do bairro, incomodada com a situação do lugar, resolveu encaminhar um ofício ao prefeito solicitando que o prédio existente na Rua dos Taiamãs fosse transformado em um estabelecimento de ensino, argumentando que o bairro necessitava de uma escola para acolher um número significativo de crianças que ainda estavam fora da escola.
Foi na administração do prefeito Dr. Antônio Carlos Souto Fontes que a reivindicação da comunidade foi realizada. E no dia 25 de fevereiro do ano 1993, através do Decreto Lei nº038, nascia a Escola Municipal de 1º Grau “Dom Máximo Biennès”, localizada à Rua dos Taiamãs (Avenida Talhamares).
O então Secretario de Educação, Prof. Gabriel Alves de Moura Neto, respaldado pela comunidade, homenagea o Bispo “Dom Máximo Biennès”, indicando seu nome com patrono da escola pelos relevantes serviços prestados por ele em prol da comunidade cacerense, principalmente na área educacional.
Recém inaugurada, a escola iniciou suas atividades no dia 1º de março de 1993, sob a direção da Profª. Regina Menacho de Oliveira, contando com 250 alunos matriculados nos períodos matutino e vespertino. A modalidade oferecida no Ensino Fundamental era de 1ª a 4ª série.
O quadro docente no 1º ano de funcionamento da Escola citava os seguintes nomes:
Ana Maria Lemes de Campos
Carmen Alves Macedo
Dulcilene Morais de Souza Lara
Ely Soares Souza
Gleice de Fátima Moura Araújo
Luiz Lando Paes Landim
Márcia Regina do Santos
Maria Bezerra do Prado Senna
Maria Helena Netto
Maria Iva Ramos de Jesus
Shirley Luiz de Oliveira

Na secretaria, serviços gerais e vigilância trabalhavam:
Sueli Rosa da Silva Rocha
Antonia Glória da Silva
Maria Carlos Bezerra da Nóbrega
Maria das Graças Cristiano
Armelindo Pereira da Silva
Antonio Alves da Silva
Joaquim Jorge de Oliveira
José Marcílio da Silva
Nei Francisco da Silva
Manoel do Carmo Garcia
Miguel da Silva Mera
Miguel Isidoro Alves

Na data de sua fundação, a escola possuía 05 salas de aula, 01 secretaria, 01 depósito (usado como cozinha para preparar a merenda), 01 casinha de materiais de construção, que fora transformado em banheiro.
Com o crescente número de matrículas, a escola se expandiu com a construção de um novo bloco, graças ao trabalho sério e de qualidade, características dos profissionais da escola, o que conquistou a confiança da comunidade local e adjacências. Nesse propósito, a Escola Dom Máximo Biennès sempre procurou revitalizar suas ações no sentido de aprimorar seu processo educativo, inovando estratégias, métodos, tendo em vista uma educação para a cidadania.
No final do ano de 1997, foi implantado o Centro de Língua Estrangeira, oferecendo aos alunos, aulas de Inglês e Espanhol, um projeto pioneiro na rede municipal de ensino, tendo como objetivo colocar os alunos do Pré ao 9º ano em interação com a 2ª língua, preparando-os para estudos posteriores.
No ano 2002, foi implantado o Ensino Fundamental de IV A VIII de forma gradativa e a modalidade EJA, 1º e 2º segmento.
Os gestores da escola desde sua fundação foram as seguintes professoras:
· Profª. Mestra Regina Menacho de Oliveira - no período de 1993 a 2003.
· Profª. Especialista Geovania Bittencourt Zaina – no período de 2004 a 2007.
· Profª. Especialista Ely Soares de Souza – no período de 2008-2009.
.Prfª. Especialista Maria Lúcia Gonçalves Borges- no período de 2010-2011 e eleita novamente para a direção-no período de 2012-2013.
Estiveram também como diretores em substituição, os seguintes professores:
· Sueli, Nilza, Gelson Candeias Maria e a secretária Rosiele Lacerda Cintra Melo.
Atualmente a escola possui 14 salas de aula, 1 sala de informática, 1 biblioteca, 1 sala de professores, 1 secretaria, 1 sala de coordenação e direção, 1 banheiro masculino e feminino, 1 banheiro para os professores, 2 depósitos, 1 cozinha, 1 cantina, 1 quadra poliesportiva, 1 parquinho e 1 refeitório.
A escola conta com aproximadamente 750 alunos regularmente matriculados.
O quadro de atual dos docentes está composto pelos seguintes profissionais efetivos:
- Eraldo Orácio de Lima, Elizandra Lemes Rocha, Cleomendes Cruz Nunes, Gleice Fátima Moura Araújo, Joanice do Espírito Santo Bernardo, Josane Maria Ribeiro, Maria Aparecida de Carvalho, Luiz Antunes Magalhães, Maria Lúcia Gonçalves Borges, Natália Cleópatra de Carvalho Borges,Noeme Gomes de Lacerda e Silva, Nélia silva de Andrade, Sandra Regina Silva Cunha, Valéria Fernandes Negrão, Wanclea Matos Sobrinho Brandalize,.
Professores contratados atualmente:Maria Iva Ramos de Oliveira,Claudia Aparecida Ribeiro de Oliveira, Sandra Teshima, Aparecida Santana.
Atualmente na coordenação pedagógica: Profº Especialista Cleomendes Cruz Nunes e Profª Especialista Maria Aparecida de Carvalho.
No quadro do pessoal administrativo, auxiliares de Serviços Gerais e Vigilância temos os seguintes funcionários: Jeancarlos de Pinho Garcia, Jodelcio Souza do Carmo, Maria Aparecida Silva Oliveira, Maria das Graças Cristiano, Maria José da Silva, Maria José Ramos Bretas, Rosiele Lacerda Cintra, Carla Cristina.
A filosofia de trabalho desta instituição é a de formar cidadãos reflexivos autônomos, autoconfiantes, críticos, atuantes e capazes de lutar por uma cidadania digna.

Projeto de Música-Professoras Maria Lúcia e Emilene.